Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog Vida Li

Blog Vida Li

15
Set16

Cruzeiro - MSC Poesia

maxresdefault.jpg

 Eu gostei de fazer este cruzeiro, no início confesso que por ser tão grande me meteu um pouco de confusão, os corredores, as sala mas depois começa-se a conhecer os cantos e já dominamos o espaço e depois gostei porque fui em família o que nem sempre é possível juntar todos e irmos de férias juntos.

Quanto a enjoos não tive, levei umas pulseiras para o enjoo e só no último dia é que o Márcio a colocou, as vezes sentia-se o barco a baloiçar mas nada de mais.

O tempo esteve sempre muito bom, quente tanto de noite como de dia, temperaturas do mediterrâneo, quando saimos para passear por Messina choveu durante uns 5-10 minutos mas depois veio um sol e calor!

Durante o dia comia-se nos restaurantes buffet onde não falta comida, os pequenos almoços aqui são maravilhosos, o dificil é controlarmos-nos. De noite o jantar era noutro restaurante em que eramos servidos, cardápio, por termos crianças escolhemos o primeiro turno. No fim do jantar havia sempre espetáculo, bares com músicas, nuns ensinavam a dançar danças latinas, noutro tocavam piano, ou estava alguém a cantar havia sempre actividades e animação.

As minhas pequenas adoravam a hora do show, do teatro, a Leonor então ficava sentadinha e muito atenta a ver os artistas a actuar, era giro de a ver tão pequenina ali sentada com tanta atenção!

Quanto há organização e limpeza do cruzeiro só posso dizer bem, as cabines estavam sempre a ser limpas e arrumadas, o nosso camareiro era muito simpático e prestável, era da Indonêsia.

A entrada e saida de passageiros para as excursões também fazia-se sem grandes confusões tal como quando saimos do navio no último dia eles organizam muito bem a saida das pessoas e das malas.

No entanto para se desfrutar melhor de todo o potencial que um navio oferece o melhor é ir com crianças mais velhas. A minha Leonor ainda faz a sesta, se querem ir à casa de banho à piscina ou a outro local qualquer tem sempre que ir um adulto. As saidas com criaças ficam sempre mais complicadas porque ficam cansadas, embora não me possa queixar, as coisas até correram bem.

Mas sem dúvida que é uma forma de viajar muito confortável, viaja-se durante a noite e de dia já estamos noutro local, pode-se conhecer várias cidades sem se andar de aeroporto em aeroporto (se vos contasse o que me aconteceu! durante uns tempos nem quero ouvir falar em aviões) e sem andar com as malas atrás.

Aconselho a fazer um cruzeiro. 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D